4 de janeiro de 2009

Adeus, não afastes os teus olhos dos meus.



Quando dormes
E te esqueces
O que vês
Tu quem és
Quando eu voltar
O que vais dizer?
Vou sentar no meu lugar

Adeus
Nao afastes os teus olhos dos meus
Isolar para sempre este tempo
É tudo o que tenho para dar


Quando acordas
Por quem chamas tu?
Vou esperar
Eu vou ficar
Nos teus braços
Eu vou conseguir fixar
O teu ar
A tua surpresa


Adeus
Não afastes os teus olhos dos meus
Eu vou agarrar este tempo
E nunca mais largar


Adeus
Não afastes os teus braços dos meus
Vou ficar para sempre neste tempo
Eu vou, vou conseguir pará-lo

Vou conseguir pará-lo
Vou conseguir

Adeus
Não afastes os teus olhos dos meus
Vou ficar para sempre neste tempo
Eu vou conseguir pará-lo
Eu vou conseguir guardá-lo
Eu vou conseguir ficar

11 de setembro de 2008


24

Obrigada (as palavras não chegam).

26 de agosto de 2008

"Amo como ama o amor"

"Morrer de amor ao pé da tua boca
Desfalecer à pele do sorriso
Sufocar de prazer com teu corpo
Trocar tudo por ti se for preciso"



(acreditam que recebi isto num email de spam?)

17 de agosto de 2008

A (re)lembrar-me o porquê de o Batman ser, para mim, o mais fascinante e envolvente de todos os super-heróis.

Vibrante, angustiante, com um elenco de luxo a fazer jus a todo o seu talento.
Um super-herói (ou antes um anti-herói?) reinventado. Sombrio, duro, taciturno, amargo. Absolutamente esplêndido numa natureza fechada.
Um Joker no mínimo genial, perturbador. E, no entanto, um preço demasiado alto a pagar por aquela que é talvez das melhores interpretações a que alguma vez tive o privilégio de assistir.
Em resumo, porque penso que as palavras não chegam para exprimir todas as sensações por que passei ao ver o filme, claramente das mais intensas experiências cinematográficas por que passei ultimamente. Um filme a não perder, e certamente a não esquecer.


10 de julho de 2008

Para a nossa amada Cabrinha...


Um mega beijo de PARABÉNS! :D

(o resto tu já sabes)


Mesmo com algum atraso, aqui fica a recomendação para este filme, bonito, simples, tocante, envolvente.
De realçar os desempenhos dos três actores secundários (Rachel Weisz, Natalie Portman, e David Strathairn), que facilmente (e infelizmente, sem demérito para os três) ofuscavam os principais.
E já agora, um muito obrigada à belíssima companhia, que aliás não podia ter sido melhor :)

6 de julho de 2008

"Vamos esta noite", Clã

Vamos
Para a montanha russa
Vamos
ao carrossel
Vamos
Subir o Pão de Açucar
Vamos juntos
Lamber o céu


Vamos
Dançar até cair, ir
Juntos vamos
Morrer de rir

Esta noite é só pra nós
Hoje não terá depois

Hoje não terá porquês
Esta noite é pra vocês
Virem comigo
Até ao fim
Para o fim do mundo

Vamos
Perder a hora certa
Vamos
Pisar no chão
Vamos
Deixar a porta aberta
Juntos vamos
Para Plutão

Hoje não terá amanhã
Hoje o mundo é nosso Clã
Hoje não terá talvez
Esta noite é pra vocês
Virem junto
Até ao fim do fim de tudo





(porque o mundo dá mesmo muitas voltas, e o
inesperado não acontece só aos outros, e porque já não me
sentia tão bem há tempo demais, e porque estou calma
e serena e feliz. acima de tudo porque não há "porque" nenhum onde
isto caiba, é como é, e é óptimo)

2 de julho de 2008



Se Ano Novo é Vida Nova... Então Bom Ano para mim! :)

20 de junho de 2008

O que fazer, depois da mentira?

Depois das juras olhos nos olhos, que são quebradas tantas e tantas vezes, o que resta?
O que fica, depois da confiança desaparecer?
O que fazer, quando quem nos chama "A melhor amiga", nos mente vezes e vezes sem fim?
Qual o caminho a seguir, quando as saudades são imensas, angustiam, apertam o peito, mas só se pensa que mais vale sofrer com saudades, do que com mentiras e traições?
Quando nem a amizade é respeitada, o que vale a pena?

Apesar de tudo, antes assim. Antes ter descoberto.
Há quem não tenha a mesma sorte, e assim se mantenha.
None of my business.

10 de junho de 2008

Também gosto:

  • do cheiro a café
  • de camisas brancas
  • de pessoas novas
  • de vernizes vermelhos e tons afins
  • de comer sentada no chão
  • de pontes e viadutos (caminhos, destinos)
  • de palavras como "volúpia", "subterfúgio" e "ternura"
  • da franja da Audrey Hepburn
  • de beber leite a ferver aos bocadinhos
  • de ouvir música baixinho, mas ver filmes no portátil com phones com o som muito alto
  • que me falem a sussurrar ao ouvido
  • de fotografias a sépia e desenhos a carvão
  • de conversas intermináveis
  • de caixas de música
  • e também de musicais
  • de saber que o não nos mata torna-nos mesmo mais fortes
  • de entrar no quarto com a música ligada
  • de andar descalça no chão frio


9 de junho de 2008

"Walk away", Franz Ferdinand

I swapped my innocence for pride
Crushed the end within my stride
Said 'I'm strong now I know that I'm a leaver"
I love the sound of you walking away
Mascara bleeds a blackened tear
And I am cold
Yes I'm cold
But not as cold as you are
I love the sound of you walking away

Why don't you walk away?
No buildings will fall down
Why don't you walk away?
No quake will split the ground
Why don't you walk away?
The sun won't swallow the sky
Why don't you walk away?
Statues will not cry

I cannot turn to see those eyes
As apologies may rise
I must be strong and stay an unbeliever
And love the sound of you walking away
Mascara bleeds into my eye
I'm not cold
I am old
At least as old as you are
As you walk away

And as you walk away
My headstone crumbles down
As you walk away
The Hollywood wind's a howl
As you walk away
The Kremlin's falling
As you walk away
Radio 4 is static
As you walk away

The stab of stiletto
On a silent night
Stalin smiles
Hitler laughs
Churchill claps
Mao Tse-Tung
On the back

12 de maio de 2008

Prestes a (e com vontade de) perder a cabeça...

E tudo se resume a isto:

Um enooooooooooooooooooorme sorriso!

Obrigada :)

26 de abril de 2008

17 de abril de 2008

"Dia Mau", Ornatos Violeta (agora corrigido, Ana Beatriz :))

"Não havendo amor de volta, nada impede a fonte de secar".

10 de abril de 2008

Parabéns a mim, que sou master do Direito Processual Civil e já fiz a cadeira!

(pronto, tá bem, não sou assim tão master, passei com dez, mas está feita!)

6 de abril de 2008

Pensamentos da semana

"Nota-se que já chegou o Verão porque já há moscas!"
by: Cláudia Teixeira, a romântica


"P.: Tu sabes o que é o sr. Cabeça-de-Batata?
R.: Hum... Um porco?"
by: João Pita, o génio

10 de março de 2008

"But I never thought it could be so

SWEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEET!"

7 de março de 2008

Lema do mês

Não deixes para Março os exames de Janeiro :(



(o drama, o horror, a tragédia)

16 de fevereiro de 2008

Dia de S. Valentim


Demos flores, demos poemas, demos preservativos, demos VIDA e ROMANCE às ruas de Coimbra! Demos sorrisos, demos AMOR!
Demos às estudantes, às velhinhas, às solteiras, às casadas, às assim-assim.
Demos de nós, por amor à camisola, com desprendimento, com vontade e entrega, pela AAC, que é o mesmo que dizer por nós próprios.
E no fim do dia, mesmo com dores nos pés, mesmo com o cansaço, mesmo com poucas horas de sono, todos estavam felizes e com a sensação do dever cumprido.
Eu, por mim, não podia ter acabado melhor o dia, com um sorriso vindo de dentro.

8 de fevereiro de 2008

Eu gosto:

  • de beber coisas fresquinhas pela garrafa
  • da cama feita de lavado
  • das torradas e do chocolate quente do TAGV
  • de ler, ler, ler!
  • e também de ver muitos filmes
  • de me esticar ao comprido na cama, sem pensar em nada, nadinha (sim, marta ;))
  • de bancos de jardim em dias de sol
  • do meu curso (quase sempre)
  • de vestidos, t-shirts e chinelos de dedo (Verão!)
  • de passear na Baixa
  • de biombos
  • que me façam (sor)rir
  • de gelados, todo o ano
  • do fim da tarde
  • de beijinhos nos ombros e mimos
  • de chá de cidreira (a infância)
  • de me atafulhar de pipocas quando vou ao cinema
  • de passar horas a fio a ver séries enfiada no sofá com uma manta quentinha (mas só de vez em quando)
  • de me esticar ao sol, sem horas nem pressas
  • de chá(s) de muitos sabores
  • de correr e de remar
  • de andar de mãos dadas
  • de pingus, pinguços, e derivados afins (e de ti em particular, mesmo quando és chato e mau feitio)
  • de pão com manteiga molhado na cevada a escaldar (a infância, também)
  • de quem gosta de mim.

(sujeito a acrescentos)

3 de fevereiro de 2008

"De hoje em diante eu vou modificar o meu modo de vida
(...)
E pra começar, eu só vou gostar de quem gosta de mim"


(Caetano Veloso)

31 de janeiro de 2008

"O Fiel Jardineiro"

Ou como, em duas horas, 23 anos de repente passam a parecer pequenos, muito pequenos.

27 de janeiro de 2008

DG/AAC 2008: aqui vou ser feliz! :D

18 de janeiro de 2008

O Meu Amor Existe

O meu amor tem lábios de silêncio
E mãos de bailarina
E voa como o vento
E abraça-me onde a solidão termina

O meu amor tem trinta mil cavalos
A galopar no peito
E um sorriso só dela
Que nasce quando a seu lado eu me deito

O meu amor ensinou-me a chegar
Sedento de ternura
Sarou as minhas feridas
E pôs-me a salvo para além da loucura.

O meu amor ensinou-me a partir
Nalguma noite triste
Mas antes, ensinou-me
A não esquecer que o meu amor existe.

(Jorge Palma)

16 de janeiro de 2008

Gosto de ti


E nada me enche mais a alma do que boas surpresas em forma de
gente.

15 de janeiro de 2008

Eu odeio:

  • a inutilidade
  • almoçar ou jantar sozinha
  • que me olhem nos olhos e mesmo assim consigam mentir-me
  • ser fala-barato quase sempre e ficar sem palavras naquelas alturas em que basta dizer "olá"
  • deitar-me sem ter "aquela" pessoa a quem mandar mensagem
  • perguntar-me quase todos os dias se estou no curso certo e não conseguir responder e, pior que isso, não conseguir imaginar um curso melhor para mim
  • ter saído de uma cidade com vícios de aldeia para outra
  • erros ortográficos
  • que em Coimbra os amigos de ontem dificilmente o sejam hoje, e os de hoje dificilmente se mantenham amanhã
  • ter a sensação que é tão difícil conhecer alguém a sério
  • não conseguir escrever um raio de um bom texto no blog
  • perceber que nunca vou saber nem conhecer tudo quanto quero
  • medir, inconscientemente, até à exaustão, cada palavra dita ou escrita, e pôr todas as interpretações possíveis e imaginárias em hipótese


29 de dezembro de 2007

Feliz 2008!

Não faço resoluções de Ano Novo. Acho que os objectivos de vida devem ser pensados e perseguidos quotidianamente. Na verdade, sempre que tentei fazer uma lista de resoluções, ou saíam as coisas mais disparatadas do mundo, ou então só meia dúzia de ideias que, no fundo, me acompanham sempre, e não especialmente nestas alturas.
O facto é que acredito que podemos mudar alguma coisa, ou procurar algo novo, ou simplesmente tomar uma decisão, sem data marcada. E quantos de nós já tentaram essa tal lista para, no final do ano, perceber que não foi cumprida?
Prefiro ir fazendo, conforme ache que é a altura certa ou não. Se o sonho comanda a vida, também me parece que dispensa calendários.
Não posso, no entanto, deixar de ter "aquela" pequena esperança de que um ano novo, além de novas experiências, me trará também pequenas (ou grandes) surpresas positivas.
E desejo em dobro do que desejo para mim àqueles que me querem bem, me fazem bem e me querem feliz.
No fim de um ano turbulento, imensamente feliz e imensamente complicado, na mesma proporção, no fim de um ano que me trouxe novas pessoas, novas aventuras, e efectivamente uma nova visão acerca de tantas e tantas coisas, só posso fazer um balanço positivo, porque ao meu lado se mantiveram aqueles amigos que sempre o foram e sei que continuarão a ser, e também porque novas pessoas surgiram, supreenderam, e ficaram.
A todos os que me apoiaram, me amaram, estiveram comigo no bem como no mal, não posso deixar de agradecer a amizade, a transparência e a força tantas vezes necessária e, tantas outras vezes, não encontrada só por mim.
Que 2008 deixe na minha vida aqueles que importam, e que lhes dê tudo quanto lhes desejo de bom.

Feliz 2008! :)

Arte em forma de música

"Waiting line" - Zero 7

28 de dezembro de 2007

GTI (Gentle, Tall & Intelligent) - Clã

O sonho dos meus amigos
é ter um GTI
não importa de que marca
de que cor
o sonho dos meus amigos
é ter um GTI
não importa se inglês ou japonês

eu ando pensativo
porque não tenho esse sonho
ando a pensar qual o motivo
porque não sonho com um GTI

o sonho dos meus amigos
é ter um GTI
não importa de que marca
de que cor
o sonho dos meus amigos
é ter um GTI
não importa se inglês ou japonês

os meus amigos riem-se de mim
por ser feliz assim sem sonhar com um GTI
eles não sonham que me basta ter-te a ti
a sonhar comigo desde que te conheci

o sonho dos meus amigos
é ter um GTI
não importa de que marca
de que cor
o sonho dos meus amigos
é ter um GTI
não importa se inglês ou japonês

desde que seja um GTI
desde que seja um GTI
p'ra que quero um GTI
se me basta ter-te a ti
eu não quero um GTI
deita fora o GTI
p'ra que quero o GTI
só me basta ter-te a ti


(letra: Carlos Tê)

23 de dezembro de 2007

Vício

Nisto:

"Don't Panic" - Coldplay

"Não vivemos, existimos."

Ou o retrato de uma sociedade moderna.

Garden State

Para ver, rever, e ouvir muitas vezes.

Em Londres foi assim...

No rescaldo de uma viagem à verdadeira Europa, ficam as fotos possíveis de cinco dias de boa disposição, amizade, companheirismo e muita cultura. Muito fica ainda por mostrar, ainda mais ficou por ver, no desejo de um regresso em breve.
Os bons momentos não cabem todos aqui, a beleza de uma cidade limpa, organizada, moderna, e muito mais bonita e elegante do que poderia esperar, também não.
Fica a expectativa de um dia voltar :)




Porque no fundo os ingleses são simpáticos e não nos querem ver atropelados
(e até em francês vimos!)

O nosso hostelzinho

Buckingham Palace :)

Nós e o Big Ben


Almoço @ Trafalgar Square (brutal), patrocinado pelo sr Sainsbury :)

Segunda casa - obrigada, sr Starbucks :)

Amor, amor
(foi óptimo estar convosco!)

Ahah um dos pontos altos da viagem :)

Tower Bridge, absolutamente fantástico

Com vista para a City, onde o Aron vai trabalhar dentro de uns anos, portanto :)
Eu e o meu ar sério e a Noortje.

12 de dezembro de 2007

Imunidade.


A tudo e mais alguma coisa.


(principalmente ao que não devia)


Não gosto.

7 de novembro de 2007

"Sabes, o que há de tão horrível em morrer é que ficamos completamente entregues a nós próprias."
(Dolores Haze, em "Lolita")

2 de novembro de 2007

Apresento-vos...

... a mais recente master da condução: EU!

8 de outubro de 2007

7 de outubro de 2007

Quando for grande quero ser...


... advogada.
Desde miúda que sempre quis ser advogada. Quando andava na escola primária, fazia-se todos os anos um livro com as fotos e dados de todas as crianças que estudavam no colégio, e nesses dados incluía-se também o que queríamos ser quando crescêssemos. Muitos potenciais futebolistas, cabeleireiras, astronautas... E eu: advogada.
À medida que os anos foram passando raramente tive dúvidas acerca daquilo que queria fazer da vida, se bem que a dúvida maior tenha surgido precisamente no momento mais crítico: na altura de me candidatar.
Depois de confusões, dilemas existenciais, um curso de que desisti, e uns anos a trabalhar, entrei finalmente naquilo em que sempre quis entrar.
Acho que, precisamente por (quase) sempre ter querido entrar em Direito, isso aumentou a pressão. Quando interiorizei que ia mesmo entrar, tive muito medo, medo de não ser o que estava à espera, medo de descobrir outra vocação, medo de simplesmente não ser capaz.
A verdade é que, decorridos dois anos inteiros em Coimbra, em início do terceiro, as dúvidas ainda me assaltam.
Quando vejo as notas miseráveis, as injustiças por parte dos professores, os chumbos impensáveis, a desorganização administrativa e a ridícula inépcia pedagógica que se vive quotidianamente na mais antiga faculdade do país e uma das mais antigas e prestigiadas da Europa, pergunto-me o que eu, e mais uns quantos, andamos lá a fazer.
Não faltam relatos de falhas abismais, de ilegalidades - sim, ilegalidades, numa Faculdade de Direito.
Quantas e quantas vezes isso já não me tirou a vontade... E me deu uma nova, a de mudar, de sair.
Por outro lado, em pleno século XXI, em que tudo é demasiado rápido e "para ontem", torna-se quase frustrante um curso tão teórico, que quase sobrevive à custa de doutrinas e divergências doutrinais, que se esquecem no momento em que se sai pela última vez pela Porta Férrea.
No balanço que faço, chego à conclusão que nunca deixarei de ter dúvidas. Aos 23 anos, ainda não sei o que quero ser quando for grande.
Mas sem dúvida não me arrependo, de maneira nenhuma, de ter escolhido esta Faculdade e, por arrasto, a mais antiga Associação Académica do País.
Experiências de vida, olhares sobre o dia-a-dia, que, tal como sucede em qualquer parte do país, não se repetem em mais sítio nenhum.
Em Coimbra ama-se, conhece-se, cresce-se, sofre-se, sente-se que uma semana corresponde a um mês "normal", em Coimbra vive-se!
E em Coimbra sei que, mesmo que não perceba a 100% o que quero fazer no futuro, hei-de levar tantas lições quantos os dias que lá passo.
E para já...
Quando for grande, quero ser advogada :)

30 de setembro de 2007

PARABÉNS!

Ao mais recente e mais bonito engenheiro que eu conheço =)
No matter what, muitas muitas muitas felicidades!
Mais uma vez muitos parabéns :)

(estou tão, mas tão orgulhosa!!!)

"apenas tenho que virar a minha vida de pernas pro ar!"

11 de setembro de 2007

A Laura Dern foi casada com o Billy Bob Thorton, agora é casada com o Ben Harper e tem filhinhos com ele.
A Angelina Jolie foi casada com o Billy Bob Thorton, agora é casada com o Brad Pitt e tem filhinhos com ele.

Beleza interior, o tanas!

Parabéns a MIM!


Que faço 23 aninhos hoje, e passei de ano ontem :D

6 de setembro de 2007

Alguém me explica...

como é que alguém pode achar que um anúncio com três miúdas com ar lascivo, e que não devem ter mais que 18 anos, pode ter o mínimo de relação com um produto como televisão por cabo/telefone/internet?!
E mais, achar que aquilo tem ponta por onde se lhe pegue?
Eu gostava mais quando os anúncios tinham de facto a ver com o que se queria vender... Acho que estou a ficar velha!

5 de setembro de 2007

To leave or not to leave

Hoje, por alguma razão que não sei explicar, lembrei-me de um episódio que me fez suspirar de alívio por já não morar em Vila do Conde.
Durante o Festival de Curtas Metragens deste ano, ouvi uma rapariga que já conheço há uns anos gozar com a mulher de um rapaz que também lá trabalhou, porque ela não é bonita. Mais grave que isto: ela gozou com a mulher dele, em frente a ele.
Na altura só pensava no absurdo que isso era, que isso faz-se quando somos miudinhas, e nem sequer nessa altura tem desculpa, quanto mais aos vinte e tal anos.
Isto é do género de coisas que me faziam querer sair da minha cidade e que sempre me fizeram pensar que a cidade era pequena demais para mim.
Não me entendam mal: eu gosto muito de Vila do Conde, adoro voltar cá, adoro os meus amigos de cá, as particularidades da cidade, e posso ser muito tendenciosa quando digo que a cidade é lindíssima, mas também sou sincera. Por outro lado, não me tenho por uma cosmopolita nata, admito a minha costela provinciana com todo o orgulho.
Mas ver o que vi, ouvir o que ouvi, viver o que vivi durante tantos anos, fez-me perceber sem margem para dúvidas que as cidades pequenas serão sempre cidades pequenas.
Inventam-se histórias, boatos, fazem-se juízos de valor com base em princípios absolutamente fúteis. O que interessa é o aspecto: da cara, do corpo, das roupas, dos carros.
A juntar a isto, numa cidade desta dimensão, e deste desenvolvimento sócio-cultural, as pessoas "da cidade" acham-se no direito de gozar com as pessoas "da aldeia". Não suporto isto.
Não sei se Vila do Conde é somente herdeira de um legado novo-rico do Norte, durante anos zona rural, com um desenvolvimento exponencial e riquezas súbitas surgidas paralelamente - sinceramente, nem quero saber.
Numa cidade em que tudo se comenta, tudo se critica, tudo se inventa, não serei concerteza eu a deitar achas na fogueira.
Como uma vez me disse um amigo conterrâneo "Vila do Conde é uma aldeia com vícios de cidade".
Não quero ser nem acho que deva ser a filha ingrata, mas o meu amigo tinha toda a razão.

28 de agosto de 2007

E se...

...num acto de "desobediência civil", eu decidisse destruir todas as sedes do Bloco de Esquerda?

Isso é que era!
Ou será que eles se reúnem só em tendas?
Mas ia de cara tapada, porque assim é à corajosa!

"Coimbra é uma lição"

Música: Raúl Ferrão
Letra: José Galhardo


"Coimbra do Choupal,
Ainda és capital
Do amor em Portugal,

Ainda.


Coimbra, onde uma vez,
Com lágrimas se fez
A história dessa Inês

Tão linda!


Coimbra das canções,
Tão meiga que nos pões
Os nossos corações
A nu.
Coimbra dos doutores,
P'ra nós os teus cantores
A fonte dos amores
És tu.

Coimbra é uma lição

De sonho e tradição
O lente é uma canção

E a lua a faculdade

O livro é uma mulher


Só passa quem souber
E aprende-se a dizer

Saudade"

Temos Campeão do Mundo!

Parabéns ao Nélson Évora!

(foto: sapo online)

E não joga à bola! ;)

21 de agosto de 2007

A felicidade tem o teu nome


É impossível não me sentir bem contigo. É impossível não sorrir de manhã à noite quando estou contigo, quando penso em ti.
E é óptimo pensar na sorte que tenho, no bem que me fazes.
Não tenho medo de dizer que gosto de ti.
Não posso dizer que não consigo viver sem ti, mas posso dizer, porque é tão verdade, que desde Novembro tudo tem um gosto especial, tudo sabe melhor.
O tempo e a distância são quase acessórios na segurança que é voltar para ti.

Obrigada.

31 de julho de 2007

A mão invisível

Há coisas que hão-se sempre irritar e infelizmente pra nós nunca hão-de desaparecer.
a minha solução é a seguinte: de cada vez que essas coisas sucedessem, devia haver uma mão invisível que desse um valente cachaço nas pessoas que as fizessem!
Ora sendo assim, teriam direito a uma coacçãozinha física as seguintes pérolas:
  • cuspir para o chão
  • mandar lixo pela janela do carro
  • dizer "prontos", "obrigados" e afins
  • dizer "a gente vamos" e semelhantes (é "a gente vai", porra!)
  • coçar os ouvidos com chaves (nojo!)
  • ouvir a música aos berros no carro, de vidros abertos (aqui também se incluem os vizinhos que decidem pôr toda a gente a ouvir a música deles)
  • pessoas que têm toques no telemóvel como: assobios irritantes, bebés a chorar, coisas do género de "crazy frog" e afins, e pior ainda quando fazem questão de pô-los a tocar só para mostrar (%$&@# raios e coriscos!)
Infelizmente para mim e em prejudício de uma pequena diversão pessoal não consigo lembrar-me de mais, mas estou aberta a sugestões!

(odeio quando achamos que um post vai ter piada e depois ah e tal, se calhar não)

25 de julho de 2007

"You're The First" (Barry White)

We got it together
didn't we?
Nobody but you and me
we've got it together
babe.

The first
my last
my everything and the answer to all dreams
You're my sun
my moon
my guiding star

My kind of wonderful that's what you are.
I know there's only one like you
There's no way they could have made two
You're
you're all I'm living for

Your love I'll keep for evermore.
You're the first
you're the last
my everything.

If you are buyin' so many things

a love so new only you could bring
Can't you see if you
you make me feel this way
You're like a fresh morning dew or a brand new day.

I see so many ways that I can love you
'Til the day I die you're my reality
yet I'm in a dream
You're the first
the last
my everything.

I know there's only
only one like you
There's no way 'lhey could have made two
Girl
you're my reality
but I'm lost in a dream
You're the first
you're the last
my everything

Pra quem não conhecer esta música, procurem-na, é brutaaaaaaaaaal!!!
Beijos e abraços

24 de julho de 2007

e como não podia deixar de ser...

FÉRIAS! FÉRIAS! FÉRIAS! (desta vez é mesmo a sério!)

e depois de ter feito duas cadeiras em quatro dias :D e ter ficado a apenas uma de passar de ano, eis que tenho por objectivos para este verão o seguinte:

  • acabar de ler o "Lolita" (estou a ler há cerca de um ano lol)
  • ficar mesmo morena :D
  • passar noites e noites e dias e dias com as minhas gajas
  • perder 2 ou 3 kgs... ou não!
  • ter uns merecidos diazinhos calmos e serenos com o meu amor :)
  • fazer exame de condução
  • estudar muito muito muito a partir de dia 15 para despachar as duas cadeiras que tenho que fazer em setembro
  • ir 2654646548974565789 vezes à Feira de Artesanato :D (há tradições que não devem mudar!)
  • esvaziar os dois mails: o Hotmail tem 506 mails não lidos, o Gmail tem 949. Se calhar tá na altura de esvaziar...
e por agora não me lembro de mais... mas a lista está aberta a modificações!
beijos e boas férias :)

14 de julho de 2007

Ladies night :)


tentei arranjar a nossa pior foto... acham que consegui? :D

e pensar que isto já foi em 2005, no aniversário da Joana... e mais anos por aí virão!

meninas, hoje é pra aproveitar, já não saímos todas desde o aniversário da Cátia!

beijos e queijos! :)

11 de julho de 2007

Contagem decrescente...

para nós :)

15º Festival Internacional de Curtas Metragens de Vila do Conde


(www.curtas.pt)

Catarse

Às vezes faz bem sofrer, lembrarmo-nos dos erros, percebermos o que fizemos mal, pegar no coração com as mãos e fazê-lo sentir a dor, pensarmos e pensarmos e voltarmos a pensar, não deixarmos cair no esquecimento.
Porque quando falhamos em grande, temos que saber que erramos em grande, temos que saber pedir desculpa, e perceber que talvez não sejam aceites, sabendo sempre que fomos nós que demos cabo de qualquer hipótese de perdão.

Às vezes faz bem sofrer.

10 de julho de 2007

A Cris faz anos!!!! :D


e que melhor maneira pra lhe dar os parabéns, do que postar aquela que é provavelmente a foto mais humilhante de toda a sua vida? :D

PARABÉNS!!!

7 de julho de 2007

Tenham medo, tenham muito medo...

1ª aula de condução na próxima 5ª feira, 12 de julho, as 15h, em vila do conde.
depois não digam que eu não avisei :D

FÉRIAS! FÉRIAS! FÉRIAS!

fiz ontem o meu último exame e estou muito feliz! :D este ano lectivo correu claramente melhor do que o passado, em que nesta altura do ano ainda não tinha feito uma única cadeira... neste momento tenho uma feita, um chumbo, cujo exame vou fazer em setembro, e estou à espera de duas notas, com a expectativa de que pelo menos tenha nota para ir a oral. e em setembro lá estarei, para tentar limpar mais duas. portanto estou a pagar este ano a balda do ano passado :) e se tudo correr bem só deixo uma cadeira atrasada, acho que não é grave.
e agora de volta à terrinha, para três semanas de descanso de coimbra... de 7 a 15 de julho é o 15º Festival Internacional de Curtas Metragens de Vila do Conde, onde vou trabalhar pela 5ª vez, e de 16 a 27 de Julho vou trabalhar numa coisa qualquer que ainda não percebi bem o quê do IPJ.
e no fim, de volta pra coimbra, a voar pro meu amor :) e aí sim, férias férias férias!
até lá, a hipótese de ter que voltar a estudar Direito Administrativo (provavelmente a cadeira mais seca de toda a licenciatura de Direito) e Direito Internacional Público e Europeu (pode não servir pra nada, mas pelo menos tem um nome todo pipi! ;) ) para fazer oral, a ver se despacho isso, desejos de muita praia e de belos dias e noites com as minhas meninas (já cá estamos todas!!!), dose industrial de família pro bem e pro mal :) e saudadinhas do engenheiro mai lindo do mundo!
espero este ano ter direito a umas férias simpáticas, bem aproveitadas mesmo que com pouco tempo. depois de vila do conde, uns dias na figueira da foz com o super-babe, e a vontade de passear por lisboa e sintra, mas isso é capaz de ser pedir demais ;)
mas pelo menos durante este fim de semana, quero fazer tudo menos pensar... :)

15 de junho de 2007

Blog sobre o novo Regime Jurídico para as Instituições do Ensino Superior (RJIES)

http://regimejuridico.blogspot.com/

Este é um blog, criado pela malta da Direcção-Geral da Associação Académica de Coimbra, que pretende sobretudo chamar a atenção para os pontos negativos do novo RJIES, extremamente prejudicial para a democracia dentro das Universidades, para a representatividade dos alunos, e para a independência destas instituições.
Portanto, às 2 ou 3 pessoas que visitam o meu blog :) quero deixar-vos o apelo para que visitem o blog e se informem acerca deste novo regime, que de uma maneira ou de outra, irá sempre dizer respeito a todos os alunos do ensino superior.

14 de junho de 2007

Ensino superior - Regime jurídico pode “pôr em causa o futuro do país”

Associação Académica de Coimbra manifesta-se, hoje, durante o Conselho de Ministros, que deverá aprovar o RJIES. Segunda-feira, inicia uma caminhada até Lisboa.

Se tudo tiver corrido como programado, a Associação Académica de Coimbra (AAC) cumpre, desde as 00H00, um protesto junto à Presidência do Conselho de Ministros, em Lisboa. A iniciativa teve início com uma vigília nocturna e tem como objectivo alertar para o novo Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior (RJIES), que os estudantes consideram que pode “pôr em causa o futuro do país”.
“Esta posição pretende condicionar o Governo” na aprovação do RJIES, documento que deverá ser hoje discutido em sede de Conselho de Ministros, explicou, ontem, em conferência de imprensa o presidente da direcção-geral da AAC, Paulo Fernandes.
Para os estudantes, o documento, apesar de ter tido “sucessivas versões”, contém inúmeros aspectos negativos. Desde logo, criticou Paulo Fernandes, pretende “pautar pelo mesmo” todas as instituições de ensino superior, quando deveria “ser aberto às especificidades” de cada instituição.
O “muito grave caminho da privatização”, a “possível concessão da acção social a privados”, a “nomeação do reitor” ou a redução “a zero” dos estudantes e funcionários nos órgãos de gestão são alguns dos caminhos que o presidente da AAC prevê que venham a trilhados num futuro próximo.
Para alertar para os “aspectos negativos” do novo RJIES, os estudantes de Coimbra, para além do protesto de hoje, têm já programada uma nova acção de contestação, que os vai levar a pé até Lisboa, durante a próxima semana. “Pretendemos mostrar que existe uma lei que pode pôr em causa o futuro do país”, disse Fernandes.
Durante esta caminhada, que tem início segunda-feira e deverá terminar no dia 22, os alunos da UC vão contactar com a população e reunir com diversas entidades, como câmara municipais.
Quanto à adesão, os responsáveis da AAC são prudentes e avisam que a UC atravessa, actualmente, uma época de exames. “Mas o sair sozinho não significa chegar sozinho ao fundamental, que é a alteração do que está escrito na lei”, disse, por seu lado, o vice-presidente da AAC, João Pita.
Mesmo que o RJIES venha a ser aprovado na sua versão actual, João Pita sublinhou que “a AAC nunca se conformou quando as coisas não foram ao encontro das suas pretensões”. “Outras alternativas haverá para mostar que o movimento associativo não está adormecido”, admitiu.

FDUC "apreensiva"

O conselho directivo da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC) manifestou a sua apreensão relativamente ao futuro do mundo universitário, tal como ele surge pensado projecto do novo Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior. Numa reunião extraordinária ocorrida em finais de Maio, o órgão mostrou–se preocupado com o facto de o diploma dissociar as actividades de docência e investigação, "relegada, esta última (...) a mera atribuição das instituições de ensino superior, o que poderá resvalar em uma secundarização deste". "Ou seja: resvalar para a consideração do ensino universitário - sem qualquer desprimor para os docentes desse patamar de escolaridade, frise–se - como uma mera extensão do ensino secundário", pode ler–se numa apreciação divulgada no sítio oficial da faculdade. Além de se manifestar contra a ideia de designação dos reitores, o conselho directivo critica "o desequilíbrio na redacção do diploma, que varia entre o modelo de um regimento e o de uma lei de bases".

(fonte: jornal As Beiras online)

Ensino superior: alunos de Coimbra protestam em São Bento contra novo regime jurídico das instituições

Entre 30 e 40 estudantes da Universidade de Coimbra estão desde as 07h00 de hoje à porta da residência oficial do primeiro-ministro, em Lisboa, em protesto contra a aprovação do novo regime jurídico das instituições do ensino superior.

O novo regime jurídico deverá ser hoje discutido em Conselho de Ministros, que se realiza na residência oficial de José Sócrates.

Os alunos esperavam inicialmente acampar durante a noite em frente à residência oficial do primeiro-ministro, mas o mau tempo fez com que tivessem de procurar abrigo nos autocarros.

O vice-presidente da Associação Académica de Coimbra, João Pita, disse à agência Lusa que os alunods estão à porta da residência oficial "acompanhados por uma carrinha do Grupo de Intervenção da PSP e por mais cinco carros da polícia".

"É uma acção desproporcionada por parte da polícia", disse João Pita.

Os estudantes de Coimbra pretendem mostrar que, apesar de estarem em época de exames, "estão atentos" às políticas do Governo para o sector universitário.

A iniciativa de hoje "é simbólica" e pretende ainda mostrar "a oportunidade" dos estudantes no dia em que o novo regime jurídico das instituições do ensino superior é discutido.

João Pita adiantou que os estudantes vão tentar entregar uma carta aos governantes, à entrada do Conselho de Ministros.

Na carta, enviada à agência Lusa, dirigida ao "Exmo. Sr. primeiro-ministro de Portugal Eng. Técnico José Sócrates", os estudantes dizem que uma "reforma do ensino superior português deve ser feita de forma responsável e série, nunca de forma atabalhoada e descuidada".

A Associação Académica de Coimbra critica "a privatização do ensino superior público" em defesa da autonomia das universidades, da "diversidade das instituições do ensino superior" e da melhoria da acção social.

A associação rejeita a nomeação dos reitores, que deixam de ser eleitos por alunos, professores e funcionários de cada instituição; a "ingerência do Estado" na gestão das universidades; e a possibilidade de estas serem transformadas em fundações de direito privado.

(fonte: jornal Público)

16 de abril de 2007

Eu já tenho meia carta!

passei no exame de código! agora venha a condução :)
(ai ai, será que também só vou fazer este exame no último dia?)

23 de março de 2007

está quase...

exame de código dia 29 de março, 5ª feira, às 10h.
medo, muito medo...

17 de março de 2007

A minha mana tá tão grande!


19 anos... estou tãaaaaaaaao velha!
parabéns a ti croma! :)

1 de março de 2007

Génio da Lâmpada :)

já saiu a nota da 2º frequência e aqui o crâneo teve 10 :D
foi a 1ª vez que tive positiva na escrita :) amanhã sai a nota da 1ª frequência, espero que corra tão bem como esta.
e enfim, a esta hora já não consigo escrever muito mais que isto :) só queria partilhar convosco.
kiss kiss*

21 de fevereiro de 2007

O Código... da Estrada

e eis que ao fim de quase dois anos (sim, eu sei, está quase a acabar o prazo...) eu decidi tirar a carta :D
yupi!!! sininhos, palmas, foguetes, e tudo e tudo e tudo!!!
ou se calhar não...






garanto-vos, espera-vos uma aventura digna de romance, como o outro Código, ou até ainda melhor!
tenho até dia 11 de abril para fazer exame de código e passar (dava jeito, dava...) =)
e depois mais 6 meses para completar com o exame de condução.
hoje fui às primeiras 2 aulas (pois... as 3 a que fui há quase dois anos já não valem de muito... ai esta memória!), uma hora de manhã e duas à tarde, e posso dizer-vos: eu DOMINO aquela cena :D
portanto, daqui até fazer exame de código, venho todas as ricas semaninhas às 5ªs feiras para esta bela localidade que é vila do conde, para ter aulas às 6ªs de manhã e à tarde, e sábados de manhã. para ficar o verdadeiro génio da lâmpada do código da estrada :D
cruzem os dedos e wish me luck ;) e em breve numa estrada perto de si (lamento imenso pela saúde dos transeuntes e demais condutores, mas tem que ser...)

16 de fevereiro de 2007

Boas razões pra não se ir votar

pois é, eleições há muitas, e bons motivos pra não se votar também. ou talvez não. o curioso é que quem dá essas desculpas, acredita (ou finge acreditar) piamente nas mesmas.
decidi fazer uma pequena listagem das desculpas mais frequentes...e há que se dizer, isto dá pano pra mangas... qual "senhor dos anéis", qual bíblia. o porquê de não se votar é que está a dar!

"ainda não estou recenseado" - é daquelas coisas que precisam de livros de instrução...
"dá muito trabalho" - provavelmente no top 5
"não estou esclarecido" - porra, com tanto panfleto, debate, tempo de antena... por falta de informação não é!
"não estou pra me chatear" - quer dizer, se fosse pra alguma coisa que nos dissesse respeito... agora pra tirar um gajo do sofá ao domingo é que não!

confesso que há coisas que me fazem confusão. uma delas é como é que há pessoas tão reivindicativas, tão "eu é que sou o génio da lâmpada capaz de resolver todos os problemas do mundo", e depois nem sequer são capazes de ir fazer uma porra duma cruz num papel. a sério que me ultrapassa. talvez seja eu que ainda ando enganada neste mundo, mas eu acredito que é preferível não ver os resultados que eu quero, mas pelos quais me esforcei, do que ver algo que não quero concretizar-se pelo meu marasmo e conformismo.
pode ser só de mim, mas eu acredito no poder das pessoas, acredito na democracia, mas não me venham falar em democracia e direitos e afins, quando nem sequer são capazes de ir votar. as mesmas pessoas que acham que o tio Salazar era mauzinho porque não deixava ninguém votar, ficam agora em casa a ver o filme da tvi pela enésima vez ou então a bola e acham que "assim é que se está bem, afinal ia lá fazer o quê, fica sempre tudo na mesma". pudera! é que não é uma pessoa a pensar assim... é a triste maioria deste país à beira-mar plantado que está quase a afundar-se, e não é por desastres ambientais, subida dos níveis do mar, blábláblá... é porque nós deixamos.
na altura em que decidi escrever este texto, foi a seguir a uma conversa com um amigo, defensor acérrimo do laissez-faire, que é como quem diz, "chatear-me pra quê?". achava mesmo que fazia sentido escrevê-lo. não consegui, porque por lapso inexplicável de memória, não consegui lembrar-me do login. agora, e à luz da realidade, depois de mais uma estrondosa vitória da abstenção no passado dia 11 de fevereiro, só consigo pensar também eu chatear-me pra quê?

7 de dezembro de 2006

desenganem-se

nao, nao, ainda nao é desta q escrevo um post em condiçoes (o q seria, alias, algo inedito neste blog).
so kis dizer o qt estou feliz e contente, e dizer às pessoas de quem gosto a serio: eu AMO-VOS!
À cris santos, cris areias, joana e catia: voces sao o meu mundo!
ao joao q me fez acreditar q afinal há mt pra viver e mt felicidade pra sentir, e q é possivel ter alguem ao meu lado q me faça tao feliz. por ser a pessoa por quem eu esperava, q gosta de mim assim e de quem eu gosto de gostar.
aos meus pais q me apoiam incondicionalmente e acreditam em mim.
às pessoas de coimbra q sao minhas amigas, por mil eleiçoes q haja.
a quem gosta de mim, o meu muito obrigada.
(nao vou continuar a citar nomes pq concerteza me esqueceria de alguem).

11 de setembro de 2006

26 de julho de 2006

E assim se encontra a paz no mundo :)

Pais natais discutem problemas do "sector"

Mais de uma centena de pais natais de todo o mundo estão reunidos, desde ontem, num congresso mundial em Bakken, na Dinamarca, para discutir os problemas que os afectam. A cor da árvore de Natal, as tendências de moda, as datas dos festejos de final do ano, entre outros temas, estão na base do 43.º Congresso Mundial de Pais Natais, que anualmente se realiza no Verão.
Este ano, o encontro reúne 177 pais natais e duendes de dez países europeus, dos Estados Unidos e do Japão que querem "discutir os pormenores da próxima noite de 24 de Dezembro, questões que lhes vão na alma e também para fazer a festa", explicou o porta-voz do congresso, Vibeke Larsen.
Os pais natais estão "cansados de ver a árvore de Natal verde, muito monótona para o seu gosto, desejam mais cor, vivacidade e renovação junto das chaminés", refere o porta-voz.
Durante o congresso de três dias, a questão principal será a discussão que mais afecta estes personagens da época natalícia - a data do Natal deverá ser sempre a mesma para evitar problemas no espírito das crianças, que não compreendem, por exemplo, porque se recebe os presentes na noite de 24 de Dezembro na Dinamarca e na manhã de 25 em França.
O congresso debaterá ainda a "possibilidade de dar presentes maiores às crianças e meios de abrir os embrulhos mais facilmente", explicaram os organizadores. O encontro realizou-se sem a presença bastante notada do Pai Natal finlandês, que continua a defender que é o único do planeta e se recusa a reconhecer que o "Santa Claus" da Gronelândia é o verdadeiro.
"Não sabemos por que é que ele não veio. Pode ser por não aceitar que os seus pares desaprovem a sua maneira arrogante de reclamar o título de Pai Natal mundial", adianta o porta-voz do congresso.
Hoje, os pais natais vão de barco até ao centro de Copenhaga para um desfile anual que atrai muitas crianças. Amanhã encerram o congresso com um jantar de Natal.


(fonte: Jornal de Notícias, edição de 25 de Julho de 2006)

5 de julho de 2006

Playground love - Air

I'm a high school lover,
and you're my favorite flavor
Love is all, all my soul
You're my playground love
Yet my hands are shaking
I feel my body remains, themes no matter,
I'm on fire
On the playground, love.
You're the piece of gold the flushes all my soul.
Extra time, on the ground.
You're my playground love.
Anytime, anyway,
You're my playground love.

7 de fevereiro de 2006

:D

acabei de fazer a minha primeira frequencia, que vai corresponder ao primeiro chumbo... weeeeeeeeeeeee! :D

26 de setembro de 2005

devido à falta de tempo e pachorra, anuncio muito rapidamente que:

SOU CALOIRA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA! :D

29 de julho de 2005

Teste de escrita

http://istoe.terra.com.br/istoedinamica/testes/grafologia/index.asp


O meu:


A inclinação de sua letra mostra que você parece ser uma pessoa equilibrada, educada. Mas é um pouco “fria” com quem acaba de conhecer. A ligação de sua letra revela organização, raciocínio lógico e razoável capacidade de adaptação. A direção de sua letra indica controle, constância e organização, especialmente nas tarefas cotidianas. A pressão que usa ao escrever sinaliza estabilidade e equilíbrio. As áreas valorizadas na sua escrita destacam vigor físico e sexual que se refletem na grande habilidade de expressão corporal. A forma de sua letra demonstra sinceridade, capacidade de adaptação, espontaneidade; sensualidade.

13 de julho de 2005

está quase a chegar 6ª... :S

11 de julho de 2005

Esta parece que foi escrita à medida...

Há qualquer coisa - Xutos & Pontapés

Há qualquer coisa que se esconde em ti
Que me seduz e dá cabo de mim
Eu não sei, nunca sei bem o que é
(Tu sabes sim mas não queres ver)
És como a praia, mudas com a maré
(Não importa se a queres ter)

Mas se tu vais e vens
Como as ondas do mar
Não sei com que posso contar

Se um dia há sol no outro há-de chover?
Se te encontrar é para te perder?
Eu não sei nunca sei como será
(Tu sabes sim mas não queres ver)
És como o tempo, logo se verá
(Não importa se a queres ter)

Mas se tu vais e vens
Como as ondas do mar
Não sei com que posso contar
Vai e vem traz o que tens melhor
Vai e vem dá-me esse estranho amor

8 de julho de 2005

Com uns dias de atraso... e já quase no final...

13º Festival Internacional de Curtas Metragens de Vila do Conde, de 2 a 10 de Julho de 2005, no Auditório Municipal de Vila do Conde.

www.curtasmetragens.pt

28 de maio de 2005

Selecção Nacional de Canoagem com prestação fantástica!

a Selecção Nacional de Canoagem encontra-se dd 5ª em Duisburg, Alemanha, para competir na II Taça do Mundo (http://www.metamorf-sl.de/kanu_cms), e os resultados, por agora, são animadores.
a equipa, consituida por Leonel Ramalho, do Clube Fluvial Vilacondense, Pedro Gomes, do Clube Náutico de Crestuma, David Fernandes, do Clube Naval do Funchal, e Sérgio Jesus, do Clube Náutico de V.N. Milfontes, faz provas em K4 1000 metros - tendo sido apurado, ontem, para a semi-final (hoje), a qual já realizaram, tendo conseguido o passaporte para a final B (hoje, sábado, às 15h15m), o que é um resultado fantástico, tendo em conta que é a primeira prova internacional que a tripulação realiza, apenas com algumas semanas de treino - e participa ainda com dois K2 - Ramalho/Jesus; Fernandes/Gomes, nas eliminatórias desta tarde em K2 200m (16h54m e 16h51m, respectivamente) , estando já ambas as tripulações apuradas para a semi-final (as tripulações defrontam-se directamente nesta semi-final) de hoje às 18h06m. disputaram ainda na tarde de ontem (16h15m e 16h10m, respectivamente) as eliminatórias de K2 500m, tendo ambas as tripulações conseguido o apuramento para a semi-final de amanhã de manhã, as 09h55m, onde mais uma vez correm na mesma série.
de realçar q na prova na qual se qualificaram para a final B de K4 1000m, remaram contra erik larsen, campeao olimpico e do mundo assim umas belas milhoes de vezes... :)
go Portugal go! :D

Carmo má!

já cheguei à conclusão que sou uma pessoa má, e sinceramente quero lá saber, a natureza é mais forte que eu, não posso negar o meu feitio lo0l.
mas hoje soube mesmo bem ser má!
de certeza que já aconteceu a todos estar a chegar à paragem do autocarro, o autocarro a sair, vocês fazerem sinal e o cabrão do motorista arrancar mesmo assim, independentemente de vocês estarem a escassos metros de distância do autocarro.
pois, a mim também, mas finalmente hoje senti-me vingada. eram 8.30h, a carmo cheia de soninho, a minha mãe pára o carro do lado oposto do autocarro (isto na paragem da feira), eu estou a menos de 10 metros a fazer sinal ao asshole do motorista, e ele arranca. fiquei POSSUÍDA! (não que isso seja difícil, mas enfim) a sério, achei incrivel como é que alguém tem a latosa de fazer uma coisa dessas! por acaso, não tenho grande razão de queixa dos motoristas dos autocarros do metro, vou de 2ª a sábado para o porto e costumam ser porreirinhos, mesmo que não sejam miss simpatia, pelo menos são educados e minimamente tolerantes. mas este asshole (repito a palavra para não entrar em insultos bem piores...) não podia ser razoável, não!, tinha que ser cabrãozinho... fiquei na paragem 20 minutos (20 minutos!!! por 5 segundos de "atraso"!!!) a espumar de raiva, a rogar pragas ao homenzinho, mesmo furiosa! é que quer dizer, eu não ia às compras propriamente! ia simplesmente trabalhar... mas enfim...
ainda estive a explicar a uns estrangeiros como ir para o porto (a boa acção do dia eheh)...
adiante... chega o autocarro, lá vai a carmo ainda possessa (é que fiquei mesmo chateada!), lá vamos nós pelas paragenzinhas todas, eu ainda raivosa, e entretanto chegamos à rotunda antes da Infineon e... guess what! está um autocarro parado na rotunda AVARIADO! e adivinhem quem era o motorista! siiiiiiiiiiiiiiiiim, o xungoso!!!
foi então que pensei, a justiça existe, fui vingada, vou passar a ir à missinha todos os domingos agradecer por isto!
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!
fiquei logo bem-disposta :D eu sei que é muito mau dizer isto, mas passou-me logo a neura!
e pronto... o mundo voltou a ganhar sentido (lo0l), os passarinhos cantam, e eu sou má e gosto :D
feels good to be bad...

26 de maio de 2005

Po ghandy :D

Resultados Campeonato Nacional de Promessas II - Vila do Conde:

http://www.fpcanoagem.pt/Portals/5/Documentos/Provas/2005/FPC-CNPromessasII20050521-resultadosind.pdf

Por falta de tempo, vão os cedidos pelo site da F.P.Canoagem, como tal os atletas do CFV não estão discriminados.
Espero que te sirvam de alguma coisa, Alex :)

Beijinhos

11 de maio de 2005

novo dia, nova fronha pró blog.
e eu JURO q hei-de postar qq coisa com interesse.

piadas absurdas

batatas do campo podem também ser chamadas de batatas campais.

sabem o que é um urso polar? é um urso que anda aos pulos.

o que fica mais longe, o algarve ou a lua? olha olha... tu por acaso daqui vês o algarve??

serviço take-away: traga tupperware ou leve no pacote.

e pronto, aqui fica o meu inutil contributo de blogger, peço desculpa pelo baixo nivel deste post, mas é o que se arranja. dentro em breve espero contribuir de maneira + positiva para a vossa felicidade, ate lá, amanhem-se.

e não se esqueçam...

www.photoblog.be/os_vintages

20 de abril de 2005

XUUUUUUUUUUTOS!

e enfim, contrariando o q eu disse acerca de postar sb filmes (afinal dá mt trabalho), vou tentar escrever sb o concerto dos Xutos no passado sábado.
sábado à noite, concerto ao ar livre, entrada livre, lá vou eu, o pedro, a lena e o nuno ver o concerto, antecedido pelo dos Pluto, q infelizmente nao conseguimos ver, mas enfim... ks uma da manhã, e os Xutos começam a tocar... de notar q nesta altura eu já me encontrava sozinha, dp da debandada e antes de ter conseguido encontrar a joana. a chuva a cair, a gunada tripeira a passear pelo espaço do concerto, a carmo sozinha, sem € no tlm e sem bateria tb, e o filho da mae do ecra q estava a transmitir o concerto e pelo qual eu veria a actuaçao faz o favor de pifar. grrrrrrr!!! começávamos bem...

após complicadas diligencias, lá consigo encontrar a joana e luis + 2 amigos deles MM EM FRENTE AO PALCO :D
foi a partir daí q o concerto começou verdadeiramente ;)
foi o 2º concerto q vi dos Xutos, o 1º foi no Castelo do Queijo no S. João do ano passado e, bem, o verbo "ver" se calhar aki n tá mto bem aplicado, pq estávamos tao longe q eu, do cimo dos meus 160 cm de altura nao consegui ve-los :S tb levamos com mt chuvinha nesse dia q nos lixamos, alias, bem + do q no sábado.
adiante :)
apesar de gostar de Xutos, nao sou propriamente a pessoa q melhor conhece a banda, é q nem pco +/-... mas posso dizer q achei o concerto lindo, ouvi mts músicas deles pela primeira vez das quais gostei mm muito e, acima de tudo, gostei da actuaçao deles. há músicas deles q me tocam mm muito, nao por nada em especifico, tipo só a letra ou só a música, mas pela intensidade, pela raiva q despertam em nós, pelo sentimento de inconformismo q nos contagia, e tb pelas belas palavras de amor, é verdade...
e dp... nao podemos eskecer...
o Zé Pedro... esse homem... há q dizer... q o gajo é mm bom. tem estilo, tem sex appeal, enfim, é capaz de dar a volta à cabeça a muito boa gente ;) incluindo as pitas malucas LOL q se encontravam em frente a ele e com as quais ele fez o favor de gozar indecentemente o concerto TODO! foi mto bom, ele a gozar descaradamente e elas todas malucas, nessa noite devem ter tido dakeles sonhos fantasticos, uhuh! enfim... há quem seja feliz com pco!
fotos do concerto nao tenho, mas tenho uma foto no concerto...
www.photoblog.net/vintages, aqui está ela, bela e amarela q é pra rimar :)
o meu estado de lentidao mental nao me permite muito mais q este texto...
e agr, até ao proximo concerto ;)

"Já sei que hei-de arder na tua fogueira
Mas será sempre sempre à minha maneira"